Traição: perdoar ou não?

O que é traição

A traição acontece quando alguém que amamos nos decepciona, quebrando uma expectativa ou regra que estabelecemos ao entrarmos no vínculo amoroso.

Além de prejudicar a relação, trair ou ser traído pode trazer sentimentos negativos, como raiva, tristeza, culpa e baixa autoestima.

Por que trair quem amamos?

Muitos podem ser os motivos, mas nem por isso estou justificando o fato.

Em geral o relacionamento já vem se desgastando há algum tempo e ambos não se dão conta disso, estão acomodados na rotina e convivência diária.

Não percebem que, no fundo, o sentimento pelo outro está desgastado, enfraquecido, e não o alimentam.

A vida sexual já não é como antes, a vida corrida e atribulada do dia-a-dia faz com que o casal quase não tenha tempo para si, distanciando-se cada vez mais; deixando de lado os momentos românticos e atitudes gostosas.

Traição: quando acontece?

De repente alguém novo aparece, elogiando como você está vestida, reparando que cortou o cabelo, valorizando atitudes pequenas, interessado em sua vida, com um papo gostoso que flui, sem reparar em suas manias e defeitos. Difícil resistir, certo?

Como suportar uma traição

Isso é possível quando, após a descoberta do fato, ambos se propõem a discutir profundamente sobre tudo que não está bom na relação, através de uma terapia de casal.

Eles se comprometem a mudar, recomeçando o casamento. Sim, é um recomeço e requer muito trabalho até o traído voltar a sentir confiança em quem o traiu.

Motivos

O medo de magoar ou causar uma discussão indesejável acaba instalando o silêncio, que com o tempo só prejudica o casal.

Não se fala do que não está bom, acumulam-se insatisfações e frustrações, o que pode dar margem à vontade de estar com alguém que não o frustre tanto.

Como superar

Entender os motivos que levaram uma pessoa a trair provocará uma auto-avaliação de cada um na relação, e fará com que ambos assumam sua responsabilidade na manutenção do amor.

Traição não tem perdão?

Perdoar uma traição é preciso gostar muito e acreditar que vale a pena investir na relação para que esse processo aconteça de verdade.

Sim, é um processo, e exige muita paciência da parte do traidor, assim como um enorme investimento de energia de ambos.